top of page
  • Lucas Resende Toso

Deckbuilders pra ficar de olho em 2024

Construção de cidade, campeonato de bafo, tower defense e outros jeitos incríveis de misturar a mecânica do carteado sincero



2023 foi um ano memorável para os deckbuilders brasileiros, com jogos como Astrea: Six-Sided Oracles, Dungeon Drafters, Tacape e Hadean Tactics. 2024 promete manter esse entusiasmo no gênero, apresentando novos jeitos de renovar o carteado digital com mecânicas, abordagens e misturas com outros estilos de jogo.


  • Lista 1/10 da série de indicações de jogos brasileiros de 2024 (ou depois)


Inclusive fica aqui o início do movimento pra substituirmos o termo "deckbuilder" por "carteado sincero" (o título é só pra facilitar a procura por enquanto).



Novo projeto do excelente estúdio que fez o excelente Wolfstride, Zet Zillions foi anunciado de repente em dezembro do ano passado e já promete ser um dos grandes jogos brasileiros do ano.


Felizmente pude experimentar o teste fechado do jogo e prestigiar a chuva de estilo (era de se esperar) e mecânicas novas de Zet Zillions. Ambientação de Space Opera, personagens carismáticos e lutas contra planetas simpáticos, mas que não vão desistir sem causar bastante problema.


O novo roguelike da OTA Imon permite que você combine cartas pra criar efeitos novos e bizarros e conta com uma mecânica de população em que você pode ganhar a luta sem de fato tirar todos os pontos de vida do inimigo: só povoando ele com tripulação humana - a arma mais poderosa de uma nave espacial.



Uma das demos mais completas que pude jogar na BGS de 2023, só posso descrever Ironhive como UM ABSURDO. Se num estágio inicial de desenvolvimento o jogo já está assim, nem sei o que esperar pra versão completa.


Ironhive mistura a construção de baralhos com a construção e gerenciamento de cidades, em um universo sombrio com uma arte igualmente melancólica, orgânica e inorgânica ao mesmo tempo.


Você usa suas cartas pra construir uma colônia em um mundo destruído encaixando as construções numa pegada Spiritfarer e manda expedições para o deserto em busca de novos recursos e cartas pra seu assentamento sobreviver - tudo isso enquanto cria a história e a cultura do seu povoado.



Takara Cards teve lançamento antecipado em 2023 - e episódio do Controles, inclusive - e deve ter novos episódios e atualizações em 2024 expandindo as classes, criaturas e naves desse RPG tático misturado com construção de baralhos.


Um universo vivo e super estiloso, com inspirações visuais e narrativas nos animes dos anos 90, personalização de escolhas, um sistema de Carma que influencia tudo e um grid de batalha tático pra você explorar esse universo espacial com naves estilosas e se sentir dentro de Cowboy Bebop.


Grimoires and Guns (Via Somni)

Entrando no mundo do carteado online, Grimoires and Guns é um projeto ousado de construção de baralhos e estratégia - tipo os Hearthstone da vida - que ainda está em estágios bem iniciais de desenvolvimento.


Um jogo que mistura ambientação cyberpunk e de fantasia e diversos personagens com baralhos, estilos de jogo e histórias diferentes pra você explorar, além de dublagem brasileira e um goblin mafioso cabuloso.



2023 definitivamente foi o ano dos anúncios de jogos ligados a personalidades da internet. Figuras como os streamers Yoda e Cerol divulgaram seus jogos próprios, A Lenda do Herói 2 ganhou financiamento coletivo, e Ruff Ghanor quebrou todos os recordes possíveis.


O universo de RPGs do Jovem Nerd ultrapassou os R$ 8,5 milhões em financiamento coletivo - e um dos produtos em desenvolvimento há algum tempo é o roguelite de construção de baralhos Ruff Ghanor, com forte apelo narrativo e de construção desse mundo baseado no primeiro livro da série "A Lenda de Ruff Ghanor".



Um dos jogos presentes no Marabundle, pacote com quatro títulos maranhenses de extrema qualidade, Super Campeonato de Bafo é exatamente o que o título promete: um jogo de bafo, bater cartinha, bater figurinha - como você preferir chamar na sua linguagem local.


Combates por turno em que você carinhosamente pode escolher se vai bater normal, com as mãos juntas ou até tentar um grude malandro e se vai mirar no cantinho, no meio, na lateral. A experiência completa de bater um bafo com os amigos na escola - e com uma ambientação nostálgica com direito a mp3, Gameboy e Smilinguido. Suco de Brasil.



É extremamente sabido na cultura brasileira que o melhor jeito de lidar com agiotagem é o carteado de alto risco. Terracards combina o gerenciamento de fazendinha com a construção de baralhos pra produzir a melhor emulação de Animal Crossing e Colheita Feliz que você vai ouvir falar.


Você vai precisar usar e combinar suas cartas pra crescer a fazenda herdada de seu avô para poder pagar as dívidas cada vez maiores que te assombram.



É o aniversário de 2000 anos da Lady Demônia Veridiana e humanos teimam em ficar invadindo e estragando sua festa. Por isso você precisa criar labirintos de armadilhas mortais para impedir que esses estraga-prazeres inconvenientes encontrem a festa. Mas com uma virada: o mesmo caminho também precisa ser convidativo para os demônios convidados.


Party Demon mistura a construção de baralhos com o gênero dos tower defenses pra criar uma experiência diferente e muito carismática.



Luta de robôs gigante por turno encontra o carteado sincero em um roguelite brasileiro que vai te fazer os mais velhos terem boas lembranças de Medabots (que, inclusive, faz 20 anos em 2024 - toma essa, novos otakus velhos).


Em Megabattle você pode construir diferentes tipos de robozões minuciosamente pra participar de batalhas espalhafatosas e ganhar novas peças e melhorias pra criar um robozão cada vez mais forte e se tornar o melhor criador de latas-velha do futuro.



Não podia faltar um carteado real pra fechar essa lista. Feito durante a Game Jam da Amagames de 2023, Raízes e Revolução é um jogo de cartas cooperativo e anticapitalista sobre animais lutando pra derrubar o mercado.




393 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page